História

por Interlegis — última modificação 13/03/2017 15h43
A história da nossa Cidade e da nossa Casa Legislativa

História do Município

por bdr publicado 29/08/2012 16h15, última modificação 14/03/2017 13h19
O Município de Barra do Ribeiro, segundo dados oficiais da Seção de Geografia da Secretaria da Agricultura, possui uma área de 850 km² e está integrado à região da Depressão Central.

 

"O Município de Barra do Ribeiro, segundo dados oficiais da Seção de Geografia da Secretaria da Agricultura, possui uma área de 850 km² e está integrado à região da Depressão Central. Limita-se ao norte com o Município de Guaíba, com o qual também se limita a Oeste; ao Sul, com o Município de Tapes, ao Leste com o estuário do Rio Guaíba e a Lagoa dos Patos.

 A atual cidade de Barra do Ribeiro, teve origem na charqueada de Antônio Alves Guimarães, instalada na sesmaria que lhe fora concedida por Dr. Luis Vasconcelos e Souza, em 1780. Com três léguas de extensão, na costa da Lagoa dos Patos, incluía, a sesmaria, as terras das Fazendas do Brejo, da Mangueira e Estância Velha. O início do povoamento da sede data de 1800. Sua denominação inicial de Charqueada foi substituída pela de Barra do Ribeiro devido à sua localização geográfica na confluência do arroio Ribeiro com o rio Guaíba. Originalmente Barra se fez parte de Porto Alegre. Quando, em 1831, foi criado o município de Triunfo, sai de Porto Alegre e passa a ser distrito deste município. Em 1837 deu entrada, na Assembléia Provincial um projeto que visava a reintegração dos distritos de Barra, Dores e São João ao município de Porto Alegre. Este projeto não largou êxito. Mais tarde, com a Lei número 14 e 15 de abril de 1846, os Belezas Barra.jpgdistritos acima referidos são anexados ao da capital, não ocorrendo mudança no que diz respeito à divisão territorial. Barra volta, então, a integrar o Município de Porto Alegre. Com a criação do Município de Dores, em 1857, Barra passa a integrar o território desta comuna. Em 1861, o Município de Dores perde sua autonomia e Barra torna aos domínios do Município de Porto Alegre. Em 1872 encontramos as freguesias de Belém, Pedras Brancas e Barra constituindo o 3° distrito de Porto Alegre. Em 1896, o povoamento de Barra, já então denominado de Barra do Ribeiro, se torna sede do 7° distrito de Porto Alegre, tendo como divisas ao sul, o Município de Dores de Camaquã, ao norte, o distrito de Pedras Brancas, a oeste, o distrito de Mariana Pimentel e a leste, o rio Guaíba. Em 1912, o povoado de Barra do Ribeiro contava com 100 prédios, vários estabelecimento comerciais, hotéis, superintendência , posto telefônicos e telégrafos bem como agência do Correio. O distrito, por sua vez, somava 406 prédios e 2717 habitantes. Em 1915, Barra do Ribeiro passa a 8° distrito de Porto Alegre. Mais tarde fica como 10° pelo decreto número 54 de 21 de maio de 1926. Neste mesmo ano, com a criação do município de Guaíba, Barra do Ribeiro terna-se 2° distrito do novo Município. Em 1938 foi elevada a categoria de Vila.
Antigo Engenho.jpgEm 1958 pleiteou sua emancipação, conjuntamente com a área do Município de Tapes, realizando a consulta plebiscitária a qual resultou na criação do Município em 17 de fevereiro de 1959 de acordo com a Lei n° 3.719, assinada pelo então Governador do Estado, Sr. Leonel de Moura Brizola. As primeiras eleições foram realizadas a 24 de maio de 1959 instalando-se o governo municipal a 17 de junho do mesmo ano. Foram os açorianos que, tendo iniciado o povoamento da região em 1780, entraram em maior número, assegurando a predominância do elemento português na formação étnica da população. Em 1874 reinicia-se no Rio Grande do Sul a corrente imigratória que iria atrair para a antiga Serra do Herval, mais tarde rebatizada com o nome de Mariana Pimentel, levas de colonos poloneses. Os trabalhos de demarcação dos lotes coloniais findaram em outubro de 1888, sendo que a fixação dos mesmos nas terras deu-se já no ano seguinte. A colônia de Barão do Triunfo foi criado em 1889, a maioria de ascendência alemã e italiana. Na criação da colônia de Sertão Santana ocorrida em 1893, predominaram os imigrantes alemães, de permeio com pequena percentagem de elementos nacionais. Desta forma, poloneses, alemães e italianos estabelecendo-se no meio rural da região, tiveram também grande influência na formação étnica da população do Município de Barra do Ribeiro. VIDA E SABEDORIA ... Influência humana Conta-se que um velho sábio ficava sentado na porta de sua cidade todos os dias, vendo a vida passar. Certo dia, um forasteiro defrontou-se com o sábio. perguntou-lhe então: - Meu bom senhor, diga-me: como é esta cidade? - Pergunto-te eu, retrucou o velho, como é a cidade de onde vens? - Muito confusa! Há gente má, invejosa, que só quer o mal dos outros. - Ora meu filho, então não entre nesta cidade. Aqui terás os mesmos problemas! O O forasteiro, desiludido, pôs-se a caminhar em direção a outra cidade. Tempo depois, um outro forasteiro, deparando-se com o velho sábio à porta da cidade, perguntou-lhe: - Diga-me, meu bom velho, como é esta cidade? - Pergunto-te eu, como é a cidade de onde vens? - Ah, meu senhor, a minha terra é de gente boa, amiga, ordeira. Há sempre alguém que faz o mal, mas o povo, na sua maioria, é gente que trabalha, luta com dignidade, tem solidariedade e amizade uns para com os outros. - Então, meu filho, podes chegar. Esta cidade é idêntica a que tu descreves! O forasteiro, feliz da vida, entrou na cidade. Um menino que tudo assistia disse-lhe: - Por que deste ao primeiro uma resposta e ao segundo outra? As perguntas foram as mesmas. - Meu filho, aprende, pois, para toda a vida: NÃO HÁ CIDADE BOA NEM RUIM; QUEM REALMENTE FAZ O LUGAR ONDE MORAMOS SOMOS NÓS MESMOS. Autor Desconhecido.

História da Câmara

por bdr publicado 29/08/2012 16h05, última modificação 31/03/2017 09h34
Este Município, no seu passado longínquo, teve várias determinantes na sua vida política-administrativa, guiada por mandos na era Colonial, Imperial e no Período Republicano.

 

"Este Município, no seu passado longínquo, teve várias determinantes na sua vida política-administrativa, guiada por mandos na era Colonial, Imperial e no Período Republicano.

A almejada autonomia municipal teve várias investiduras, barradas por acontecimentos diversos, tornando-a exitosa em 1958, quando a Comissão emancipadora de Barra do Ribeiro  integrada dos cidadãos Adão Lindolfo Ebling, Ary Vizeu de Albuquerque, Alcides José Gattino, Arno Jaeger, Cézar Verdi, Francisco Garcia, Homero Kapell, Ivo Mottin, José Alcibiades Gattino, Oswaldo Pierobom, Pe. Bernardo Malmann, Wilmar Bischoff, Waldy Ribeiro Wurdig, Elly Silveira da Rocha, João Budelon Rodrigues entre outros, foi autorizada a tratar junto às autoridades competentes, dos assuntos referentes à emancipação.

Realizada a consulta Plebiscitária, a qual resultou na criação do município em 17 de fevereiro de 1959, de acordo com a Lei N° 3.719, assinada pelo então Governador do Estado Sr. Leonel de Moura Brizola.

As primeiras eleições municipais foram realizadas a 24 de maio de 1959, instalando-se o Governo Municipal a 17 de junho do mesmo ano.

A primeira Legislatura de Barra do Ribeiro apresentou os Senhores Waldy Ribeiro Wurdig - Prefeito Municipal, José Alcibíades Gattino - Vice Prefeito Municipal.

A Câmara Constituinte foi instalada às 16 horas do mesmo dia, no Clube Sete de Setembro, composta pelos Vereadores: ARNO JAEGER - Vice- Presidente, JOÃO BUDELON RODRIGUES 1° Secretário, MAURO GATTINO - JAIME SCHULTZ, NEI VIZEU DE ALBUQUERQUE, RUY GUIMARÃES, ARNO PEREIRA, O Suplente JAIME SCHULTZ na vaga de JOSÉ ALCIBIADES GATTINO, por ter o mesmo optado pela Vice-Prefeitura.

A Presidência da Câmara Municipal no primeiro biênio 1959/1960 tomou posse em 31 de dezembro de 1959, na Casa Paroquial, tendo como Presidente o Sr. José Alcibíades Gattino, Vice-Presidente o Sr. Elly Silveira da Rocha, 1° Secretário o Sr. Mauro Gattino.

Em 31 de dezembro de 1960 foi eleito Presidente o Sr. Mauro Gattino, Vice-Presidente o Sr. Elly Silveira da Rocha e Secretário o Sr. Arno Jaeger, que presidiram os trabalhos durante o ano de 1961.

Em 31 de dezembro de 1961 a Mesa eleita ficou composta pelo Presidente Sr. Elly Silveira da Rocha, Vice-Presidente, e Sr. Arno Jaeger e Secretário o Sr. José Alcibiades Gattino, que presidiram os trabalhos durante o ano de 1962.

Em 05 de dezembro de 1962 a Mesa eleita ficou composta pelo Presidente Sr. Mauro Gattino, Vice-Presidente, O Sr. José Alcibiades Gattino e Secretário o Sr. Arno Jaeger, presidindo os trabalhos do ano de 1963.

Em 31 de dezembro de 1963 a Mesa eleita ficou composta pelo Presidente Sr. Pedro Munhoz Barboza - Vice-Presidente O Sr. Mauro Gattino - e Secretário o Sr. Omar Salomon, que presidiram esta Casa Legislativa durante os exercícios de 1964.

Em 31 de dezembro de 1964 a Mesa Diretora foi eleita ficou composta pelo Sr. Pedro Munhoz Barbosa - Presidente, o Sr. Arno Jaeger - Vice-Presidente, e o Sr. Omar Salomon, presidindo os trabalhos durante o ano de 1965.

Em 31 de dezembro de 1965 a Mesa eleita ficou composta pelo Presidente, o Sr. Carlos Augusto Evangelista Py, Vice-Presidente o Senhor Arno Jaeger e 1° secretário o Sr. Waldy  Ribeiro Wurdig, presidindo os trabalhos durante o biênio 1966 e 1967.

Em 1968 a Casa Legislativa foi presidida pelo Senhor Pedro Munhoz Barboza- Presidente e pelo Sr. Arno Jaeger- Vice-Presidente.

Em 31.02.1969 foram eleitos os Senhores Ary Vizeu de Albuquerque- Presidente, Sival Hoff Pereira -Vice-Presidente e o Sr. Altino da Silva Feijó -Secretário, para exercício de 1969.

Em 31.12.1969 foram eleitos os Senhores Sival Hoff Pereira- Presidente, Dr. Wilmar Bischoff -Vice-Presidente e Altino da Silva Feijó -Secretário, presidindo o legislativo durante o exercício de 1970.

Em 21.12.1970 foram eleitos foram eleitos Presidente o Sr. Silval Hoff Pereira, Vice-Presidente o Sr. Altino da Silva Feijó e Secretário o Dr. Wilmar Bischoff, presidindo os trabalhos no biênio 1971/1972.

Em 31.01.1973 foram eleitos os Senhores Oswaldo Pierobom -Presidente, Oswaldo Vieira-Vice-Presidente e Nilton Ribeiro de Caldas-Secretário, presidindo a Casa Legislativa no biênio 1973/1974.

Em 31.12.1974 foram eleitos os Senhores Nilton Ribeiro de Caldas-Presidente, Oswaldo Pierobom -Vice-Presidente e Oswaldo Vieira -Secretário presidindo os trabalhos legislativos no biênio 1975/1976.

Em 31.01.1977 a Mesa eleita foi composta pelos Senhores Pedro Munhoz Barboza -Presidente, Omar Salomon Abi Frakedin Vice-Presidente e Henrique Wasileski -Secretário, Presidindo os trabalhos do biênio 1977/1978.

Em 30.12.1978 foram eleitos os Senhores Omar Salomon -Presidente, Pedro Munhoz Barboza -Vice-Presidente e Adroaldo Rosales Oliveira-Secretário, presidindo as trabalhos deste Cada durante o biênio 1979/1980.

Em 29.03.1981 foram eleitos os Senhores Adroaldo Rosales Oliveira-Presidente, Omar Salomon Abi Frakedin- Vice-Presidente e Oswaldo Pierobom -Secretário, presidindo os trabalhos durante o biênio 1981/1982.

Em 31.01.1983 a Mesa eleita ficou composta pelos Senhores Pedro Munhoz Barboza -Presidente, Adroaldo Rosales Oliveira-Vice-Presidente e Luiz Miguel Hubnner -Secretário, que presidiram os trabalhos durante o biênio 1983/1984.

Em 31.01.1985 a Mesa Diretora eleita ficou com a Presidência do Sr. Adroaldo Rosales de Oliveira, Vice-Presidência o Sr. Pedro Munhoz Barboza e Secretária a Sr. Georgina Risse Gattino, que presidiram os trabalhos durante o biênio 1985/1986.

Em 03.02.1987 a Mesa eleita ficou composta pelos Senhores Luis Carlos Bandeira-Presidente, Luis Miguel Hubnner -Vice-Presidente e Pedro Munhoz Barboza -Secretário, dirigindo os trabalhos legislativos no biênio 1987/1988.

Em 01.01.1989 a Mesa Diretora dos trabalhos legislativos ficou sob a Presidência do Sr. Amadeo Valmor Franck, Vice-Presidência do Sr. Adão Nelcy de Araújo e Secretario o Sr. Neudi José Balancelli, dirigindo os trabalhos durante o biênio 1989/1990.

Em 27.12.1990 foram eleitos os Senhores Adão Nelcy de Araújo -Presidente, Amadeo Walmor Franck Vice-Presidente e Athos do Amaral Maicá, Secretário, que dirigiram os trabalhos do Legislativo no ano de 1991.

Em 23.12.1991 a Mesa eleita foi composta pelo Senhor Athos do Amaral Maicá -Presidente, Amadeo Walmor Franck- Vice-Presidente e Celestino Lopes Barbosa -Secretário, presidindo esta Casa Legislativa durante o exercício de 1992.

O ano de 1993 foi dirigido pela Senhor Nilva Pacheco Alves -Presidenta, Carlos Alberto Alves de Oliveira, Vice-Presidente e José Adair de Oliveira Dias, Secretário eleitos em 01.01.1993.

Em 16.12.1993 a Casa elegeu para composição da  Mesa Diretora do ano de 1994 como  Presidente o Sr. João Antonio Ongaratto,  Vice-Presidenta  a Sra. Nilva Pacheco Alves e Secretário o Sr. Carlos Alberto Oliveira.

A  Mesa Diretora da Câmara Municipal para o ano de 1995, eleita em 22.12.1994, foi composta pelo Presidente-Vereador Walter Dahse Naibert, Vice-Presidente-Vereador João Antonio Ongaratto e Secretária- Vereadora Nilva Pacheco Alves.

Em  21.12.1995 foram eleitos Presidente -Carlos Alberto Alves de Oliveira, Vice-Presidente -Walter Dahse Naibert e Secretário -João Antonio Ongaratto que comandaram a Casa durante o ano de 1996.

Em 01.01.1997 a Mesa Diretora para o ano de 1997 foi composta pelo Sr. João Antonio Ongaratto- Presidente, Sr. Walmir Ernandorena -Vice-Presidente e a Sra. Nilva Pacheco Alves -Secretária. 

Em 18.12.1997 a composição da Mesa Diretora foi pelo Sr. Walmir Ernandorema -Presidente, Sr. João Antonio Ongaratto -Vice-Presidente e Sra. Nilva Pacheco Alves -Secretária que presidiram os trabalhos de 1998.

Em 16.12.1998 a Mesa foi composta pelo Sr. Luciano Guimarães Machado Boneberg -Presidente, Sr. José Adair de Oliveira Dias-Vice-Presidente e Sr. Athos de Amaral Maicá -Secretário, presidiram a Casa Legislativa em 1999.

Em  22.12.99  foram eleitos Presidente- José Adair de Oliveira Dias,  Vice-Presidente- João Antonio Ongaratto e Secretário -Athos do Amaral Maicá que comandaram a Casa durante o ano de 2000.

Em 01.01.01 a composição da Mesa Diretora para o ano de 2001 foi pelo Sr. Walter Dahse Naibert- Presidente, Sr. Celestino Lopes Barbosa -Vice-Presidente, Sra. Nilva Pacheco Alves -Secretária.

Em 19.12.01  a Mesa Diretora  para o ano de 2002  ficou sobre o comando do Sr. Omar Salomon Abi Frakegim- Presidente, Sr. José Adair de Oliveira Dias-Vice-Presidente, Sr. Jairo Alexandre Duarte -Secretário.

Em 19.12.02 a composição da Mesa Diretora para o ano de 2003 foi pelo Sr. José Adair de Oliveira Dias-Presidente, Sr. Jairo Alexandre Duarte-Vice- Presidente, Sra. Nilva Pacheco Alves- Secretária.

Em 17.12.03 a Mesa Diretora ficou sobre o comando do Sr. José Adair de Oliveira Dias-Presidente, Sr. Omar Salomon Abi Frakedim- Vice-Presidente, Sra. Nilva Pacheco Alves -Secretária que presidiram os trabalhos durante o ano de 2004.

Em 01.01.05 a composição da Mesa Diretora foi pelo Sr. Celestino Lopes Barbosa- Presidente, Sr. Marcos Fernando Oliveira da Silva- Vice-Presidente, Sr. José Adair de Oliveira Dias-Secretário, que comandaram os trabalhos da Casa no ano de 2005.

Em 21.12.05 a Mesa Diretora ficou sobre o comando do Sr. Rozano Abbade da Silva- Presidente, Sr. Luiz Gustavo da Rocha Coelho -Vice-Presidente e Sr. José Adair de Oliveira Dias que presidiram os trabalho da Casa no ano de 2006.

E no ano de 2007 a Mesa Diretora ficou sobre o comando do Presidente Sr. Jairo Alexandre Duarte, Vice-Presidente Sr. José Adair de Oliveira Dias e o Secretário Sr. Rozano Abbade da Silva.

Em 20.12.2007 a  da Mesa Diretora para o ano de 2008  foi constituída pelo Sr. Luiz Gustavo da Rocha Coelho -Presidente, Sr. Rozano Abbade da Silva -Vice-Presidente, Sr. José Adair de Oliveira Dias-Secretário.

Em 01.01.2009 foi eleita a Mesa Diretora para o ano de 2009, assim constituída: Sr. Celestino Lopes Barbosa – Presidente, Sr. Leandro Caldas – Vice-Presidente e o Sr. Evaldo Santos Silveira como Secretário.  

Em 17.12.2009  a Mesa Diretora para 2010 foi assim eleita: Sr. Jair Machado – Presidente, Sr. Evaldo Santos Silveira – Vice-Presidente e o Sr. Celestino Lopes Barbosa – Secretário.

Em 16.12.2010 a mesa Diretora ficou sobre o comando do Sr. Jorge Leandro Caldas – Presidente, Sr. Evaldo Santos Silveira, Sr. Jair Machado – Secretário  que presidiram os trabalhos da Casa no ano de 2011.

Em 22.12.2011  foi eleita a mesa Diretora para o ano de 2012, assim constituída: Sr. Evaldo Santos Silveira – Presidente, Sr. Celestino Lopes Barbosa – Vice-Presidente e o Sr. Jorge Leandro Caldas como Secretário. 

Em 01.01.2013 a Mesa Diretora para o ano de 2013 foi eleita e assim constituída: Presidente – Paulo Sérgio Terra Jr, Vice-Presidente – Jair Machado, Secretário – Celestino Lopes Barbosa, Suplente Secretário – Claudio Roberto da Silva Freitas.

Em 18.12.2013 foi eleita a Mesa Diretora para o ano de 2014: Presidente – Jair Machado, Vice-Presidente – Celestino Lopes Barbosa, Secretario, Secretário - Valmir Arlênio Laux, Suplente de Secretário – Claudio Roberto Silva Freitas.

Em 17.12.2014 foi eleita a Mesa diretora para o ano de 2015: Presidente – Celestino Lopes Barbosa, Vice-Presidente – Valmir Arlênio Laux, Secretário – Claudio Roberto Silva Freitas, - Suplente de  Secretário – Jair Machado.

Em 14.12.2015 foi eleita a Mesa Diretora para o ano de 2016: Presidente – Valmir Arlênio Laux, Vice-Presidente – Carlos Augusto Rodrigues Didio, Secretário – Alessandro Inocente Naibert, Suplente de Secretário – Celestino Lopes Barbosa.

Em 01.01.2017 foi eleita a Mesa Diretora para o ano de 2017: Presidente – Eduardo Bischoff, Vice-Presidente – Lucas Campos da Silva, Secretário – José Luis Gonçalves, Suplente de Secretário – João Francisco da Silva Feijó.

Ações do documento